>
Pesquisa

Maranhão pode ter mais de 200 casos de Coronavírus, diz Flávio Dino


Em coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (30), o governador Flávio Dino informou que o Maranhão pode ter mais de 200 pessoas com o coronavírus. De acordo com o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES), o estado possui 22 casos confirmados da Covid-19 e uma morte registrada por causa da doença. Porém, nessa manhã o governador confirmou 23 casos.



Segundo Flávio Dino, o Maranhão já possui transmissão comunitária da Covid-19, que acontece quando um paciente infectado que não esteve nos países com registro da doença transmite a doença para outra pessoa, que também não viajou. “Muito provavelmente, mais de 200 pessoas estão com o vírus em todo o Maranhão e são assintomáticas”, disse o governador.

Flávio Dino também fez um apelo quanto ao combate às fake news e informou que o governo está tomando as medidas preventivas necessárias em relação ao comércio e escolas. “Estamos mantendo, na data de hoje, todas as medidas preventivas já decretadas, sobretudo aquelas referentes ao comércio, referentes às escolas”.

Na ocasião, o governador também confirmou que, a partir da próxima semana, quando termina de vigorar decreto para o isolamento total, pode reavaliar a determinação de fechamento geral do comércio, com exceção das farmácias e mercados.

“Esta semana continuam as mesmas orientações. Vamos avaliar ao longo da semana e caso haja um comportamento estável da curva de novos casos, vamos reavaliar esta temática do comércio e vamos avaliar para a próxima semana algumas medidas de flexibilização. Mas é importante destacar que não haverá ‘liberou geral’ no Maranhão. É incabível. Seria colocar em perigo a saúde do povo do Maranhão e eu não farei isso”, destacou o governador.

Na tarde desta segunda, uma nova coletiva vai ser realizada com a presença do secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, do secretário Municipal de Saúde de São Luís, Lula Fylho, e também de representantes do Hospital Universitário da UFMA.

Na ocasião, será apresentado o fluxo de atendimento aos usuários das Unidades de Pronto Atendimento e Hospitais da capital maranhense e será explicado sobre como vai ser os atendimentos da UPAs e do H.U diante da atual realidade da pandemia no Maranhão.

Com informações- O Imparcial 

Postar um comentário

0 Comentários